sexta-feira, outubro 15

Amarca da besta

A marca da besta
“Esse número é seiscentos e sessenta e seis”
Poucos elementos da visão que João teve na ilha de patmos causarão tanto impacto na imaginação pública como a marca da besta (Ap 13.16-18). João viu a besta com dois chifres emergir da terra, com grande com grande poder para fazer grandes sinais e compelir as pessoas a adorarem a besta de sete cabeças e dez chifres que emergiu do mar. A besta da terra faz com que cada pessoa da terra receba uma marca na testa ou na mão direita, que lhe permite comprar e vender. João explicou que essa marca identifica a besta do mar (cf. 15.2) por um número ou nome: esse número é “seiscentos e sessenta e seis” (Ap 13.18). A besta do mar é o anticristo, e a besta da terra, o falso profeta, um governante mundial que controlará a economia e forçará a adoração ao anticristo após o arrebatamento da igreja. Alguns intérpretes buscam identificar a marca da besta com os dispositivos da tecnologia moderna e o número 666 com os nomes de indivíduos importantes que são noticia. As tentativas têm sido enumeras, mas muito sem sucesso. Outros enfatizam a natureza simbólica do número: como 666, o número do homem, não chega a 777, o número da perfeição. Assim, o anticristo será incapaz de falsificar o poder do caráter de Deus. Podemos ter a certeza de que qualquer detalhe especifico que venha a ser a marca e seu número, a solução será conhecida naquela época.

144.000 selados por Deus
João faz um contraste entre aqueles que recebem a marca da besta com os 144.000 servos de Deus que são selados na testa. Aqueles que têm a marca da besta sofrerão os terríveis julgamentos divinos (Ap 14.9-11). Enquanto os selados por Deus serão protegidos de qualquer mal (Ap7. 2-4). A marca na testa dos 144.000 será feita pelo “selo do Deus vivo” (Ap 7.2), que contém o nome de Deus (Ap 4.1) e indica sua presença real com eles.

O poder de uma marca
João não foi o primeiro escrito Bíblico a falar sobre a marca ma testa a mão para proteção. Ezequiel relata que Deus instruiu certos homens em Jerusalém para serem marcados na testa; aqueles marcados seriam poupados de julgamento (Ez 9.4-6). Semelhantemente a marca de Caim (Gn 4.15) o protegeu do mal. Para evitar o anjo da morte no Egito, Moisés instruiu os israelitas a marcarem as ombreiras das portas com sangue (Ex 12.1-13). Simbolicamente “testa” e “mão” da porta. Mas tarde, Moisés instruiu os israelitas a atarem a Palavra de lei nas mãos e entre os olhos como um sinal (Dt 6.8), Desta forma, a lei de Deus poderia sempre estar “a mão” e “e ser por frontal entre os olhos” para capacitar Israel a amar “o Senhor, tem Deus, de todo o teu coração” (Dt 6.5) e os proteger do pecado. Essas antigas marcas nos ajudam a compreender o terrível impacto da marca da besta. A escolha perante o mundo em Apocalipse 13 é clara: aceite a proteção de Deus ou o anticristo.

Quem será o Anticristo?

Os piores dias
Jesus advertiu que os dias do anticristo seriam os piores momentos que o mundo iria conhecer. Seu discurso aos discípulos está registrado em Mateus 24, Marcos 13, Lucas 21 e João 16. Ele disse um período de falso messias, guerras rumores de guerras, tristeza, decepção, iniqüidade, perseguição e catástrofes mundiais. Os tempos do fim seriam tão terríveis que, “se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria” (Mt 24.22).

Um impostor da paz
Quem é o anticristo? Esse personagem fará a sua entrada no cenário mundial como um homem de paz. Talvez ele até ganhe um premio Nobel. Daniel 8.25 diz que ele “destruirá a muitos que vivem em segurança”. Ele garantirá a paz para Israel e o Oriente Médio e assinará um tratado de paz de sete anos, que será quebrado depois de três anos e meio (Dn 9.27). O anticristo será um homem de charme e carisma quase hipnótico. Ele virá dos Estados federados da Europa, o império Romano redivivo. Em sua caminhada rumo ao poder, o anticristo lançará sua força hipnótica sobre um dos dez países dessa federação, depois, sobre os outros. Ele conquistará três das dez nações e assumirá a autoridade sobre todas as dez; depois, lançará seus olhos vorazes sobre a menina dos olhos de Deus: Israel. O anticristo usará força militar para ganhar e manter a supremacia mundial. Daniel escreve: “Mas em seu lugar honrará um deus das forças” (11.38). O anticristo trará, inicialmente, prosperidade ao mundo, conforme Daniel afirma em 8.25: “E pelo seu entendimento também fará prosperar o engano”. Isso sugere que talvez haja um grande colapso econômico mundial e, então, o homem do pecado, o filho da perdição – o mais importante filho de satanás – vá seduzir o mundo com promessas de prosperidade.

Uma moeda, uma religião, um governante
O anticristo terá um plano para a dominação mundial baseado em três pontos. Ele criará uma moeda mundial, uma única religião para todos e um governo central, chamado hoje de Nova ordem Mundial. A economia do anticristo será uma sociedade sem moeda corrente, na qual todas as transações poderão ser controladas eletronicamente. João descreve essa situação: “E faz que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhe sejam posto um sinal na sua mão direita, ou na sua testa, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o numero do seu nome” (Ap13. 16-17). Satanás tem planejado estabelecer a nova ordem mundial desde que Ninrode se propôs a construir um torre nas planícies de Sinear – a torre da babel. Satanás ofereceu á Jesus uma nova ordem se ele se curvasse diante dele e o adorasse. Depois da I guerra mundial, a “ guerra para por fim a todas as guerras”, o presidente americano Woodrow Wilson desenvolveu a idéia das liga das nações afim de manter a paz através de um governo único. Adolf Hitler disse ao povo alemão que traria “uma nova ordem” a Europa. O anticristo promoverá um governo mundial único, um mundo sem fronteiras, em que as nações serão regidas por leis internacionais impostas a elas por liderança mundial.

Idolatria em Jerusalém
O anticristo colocará a sua imagem na cidade de Jerusalém e ordenará que todas as nações o adorem; caso contrário, as pessoas serão decapitadas. Daniel escreve: “E este rei fará conforme a sua vontade, e levantar-se-á, e engrandecer-se-á sobre todo deus; e contra o Deus dos deuses falará coisas espantosas, será próspero, até que a ira se complete; porque aquilo que está determinada será feito” (11.36 ver também 2Ts 2.4). João escreve: “Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o numero da besta; porque é numero de um homem, e o seu numero é seiscentos e sessenta e seis” (Ap 13.18). Na Bíblia, 6 é o numero do pecado. O numero do anticristo é 666, dando a entender que ele faz parte da trindade demoníaca, formada por satanás, o falso profeta e o anticristo, a qual irá operar sinais e maravilhas em nome do anticristo a fim de convencer as nações do mundo de que o anticristo é o próprio Deus. E João recorda que “[falso profeta] engana os que habitam na terra com sinais que lhe fora permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem á besta que receberá a ferida da espada e vivia”. E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia.E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta.

Ele finge morte e ressurreição
O anticristo, ao que parece, será vitima de uma tentativa de assassinato, conforme registra João: “Eu vi uma das suas cabeças como feridas de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta” (Ap 13.3). O anticristo irá rivalizar com a morte e ressurreição de Cristo. Ele entra em cena em Apocalipse 6, cavalgando um cavalo branco, porque Jesus Cristo, o verdadeiro Messias, faz sua aparição em Apocalipse 19 montando num cavalo branco.

O derradeiro fim
Ao contrário Jesus Cristo, porém, os dias do anticristo estão contados: “E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois fora lançados vivos no lago de fogo que arde como enxofre” (Ap 19.20).

PenDragon Sword Of His Father 2008 DVDRip XviD Dual

“Um dos Filmes Cristões Independentes Mais Promissores já Produzido” Scott Eash
Sinopse do Filme Pendragon – A Herança de um Guerreiro conta a história do jovem, filho do capitão inglês Justinian, conhecido como Pendragon, que desde cedo aprendeu com seu pai a defender o povo que Deus os confiou. Depois de sua vila ser atacada por bárbaros saxãos, Artos é levado como escravo por seus inimigos.
Servindo aos bárbaros, seu desejo de liberdade se intensifica. Ao escapar, ele tem um novo entendimento e fé sobre o plano soberano de Deus, que lhe devolve a esperança. Artos é acolhido por Ambrosius, um obstinado rei que está preparando um exército para deter os invasores saxãos. Neste momento, Artos começa sua saga de guerreiro e, em meio aos grandes desafios terá de escolher entre a mulher que ama e o povo para o qual ele foi chamado a defender.
Este é, sem dúvidas, um filme espetacular reproduzindo um épico que se passa no ano 411 depois de Cristo, e retrata a situação da Ilha Britânia, invadida por saqueadores saxões após a saída do Império Romano. O filme já recebeu mais de 10 prêmios em diversas categorias e tem sido muito elogiado pela crítica por sua produção técnica, atuação, figurino e direção. Recentemente, o épico foi premiado no Festival de Cinema de Nevada, o Golden Reel Award. Nos Estados Unidos, Pendragon teve grande espaço na mídia e foi divulgado nos programas From the Heart, American Radio Show e WATC Live Atlanta.
Título no Brasil: Pendragon a Herança de um Guerreiro
Título Original: Pendragon – Sword of His Father
País de Origem: USA
Gênero: Adventure Christian
Tempo de Duração: 01:55:55
Ano de Lançamento: November 2008 (USA)
Direção: Chad Burns
Tamanho: 1,36 GB (1.464.994.641 bytes)
Resolução: 688 x 304
Frame Rate: 29.971 Fps
Formato: Avi
Vídeo Codec: XviD 0047 1417 kbps
Áudio Codec: MP3 48000Hz 128 kb/s total (2 chnls)
Áudio Option: Brasil, Ingles (Dual Audio)
Legenda: Português do Brasil
Qualidade de Áudio: 10
Qualidade de Vídeo: 10
Baixar >Pendragon Parte 1 Megaupload
Baixar >PenDragon Parte 2 Megaupload